Canadian Experience Class - Nova classe de imigrantes

Canadian Experience Class - Nova classe de imigrantes

Nas minhas reflexões, eu disse que, hoje, tentaria chegar ao Canadá - regularmente - por outro caminho. Isso pra não ter que viver todo esse tempo de incerteza ao longo do processo para trabalhador qualificado (Skilled Worker). Antes de tudo, quero deixar bem claro que não aprovo, não incentivo e jamais ficaria irregular em qualquer país. Também não julgo quem fez essa opção, mas acho que, principalmente num país como o Canadá, é desnecessário passar por tal situação.

Junto com o anúncio das novas regras - ainda não totalmente esclarecidas - do processo federal, o governo do Canadá anunciou uma nova classe de imigrantes: a “Canadian Experience Class“. Se fosse hoje e considerando que eu não tenho filhos (é bom esclarecer isso), eu me planejaria para imigrar por essa nova classe. Resumidamente, esse novo formato de imigração é voltado para aqueles que já tiveram uma experiência  (regular, ressalte-se) no Canadá, através de estudos e trabalho.

Os requisitos para aplicar por essa classe são:

  • Planeja viver fora da província de Quebec, ou seja, na parte inglesa do Canadá;
  • Esteja em uma das situações abaixo:
    • Trabalhou por, pelo menos, dois anos em tempo integral como trabalhador qualificado no Canadá;
    • Formou-se numa instituição canadense pós-secundária e trabalhou por, pelo menos, um ano em tempo integral como trabalhador qualificado;
  • Tenha obtido a experiência canadense com a devida autorização para trabalhar e/ou estudar no Canadá;
  • Aplicar enquanto está trabalhando no Canadá ou no último ano antes de terminar o contrato de trabalho.

Para verificar se o seu trabalho é classificado como “qualificado”, sua profissão deve ser do tipo 0 ou estar nos níveis A ou B. Nesse link, você pode encontrar a listagem completa, de acordo com cada categoria.

Então, eu iria fazer uma nova graduação ou mesmo um mestrado no Canadá. Ao longo do estudo, é comum ter estágios no verão ou mesmo conseguir um trabalho part-time relacionado com o que se está estudando. Com sorte (e acho que nem precisa de tanto assim), eu conseguiria uma oferta de trabalho depois da formatura, o que me habilitaria para, no ano seguinte, aplicar por essa nova classe. Isso tudo sem a angústia desses últimos dois anos, sem ficar elocubrando o desconhecido e imaginando como vai ser. Estaria lá vivendo, mandando no meu destino. Aliás, essa também parece ser uma boa opção para aqueles que não teriam pontos para o processo de trabalhador qualificado. Eu, por exemplo, não teria quando aplicamos em 2006 com o marido como requerente principal.

Mas é claro, meus queridos, que nada disso é tão simples assim. Essa minha opção implicaria num gasto maior de dinheiro. Sempre se pode trabalhar para ajudar nas contas, mas o gasto seria maior. O estudo superior é caro e, para estudantes estrangeiros, é ainda mais. Pelo que lembro das minhas pesquisas, costuma ser um terço mais caro para estudantes internacionais, mas a diferença pode ser ainda maior. As bolsas para estudantes internacionais não são tão abundantes. Com o visto de estudante, não se pode trabalhar em período integral. Não sei como fica o acesso à saúde (ainda vou estudar melhor o visto de estudante para poder escrever sobre ele aqui), mas imagino que você tenha que ter um seguro, já que, pelo que sei, não seria coberto pelo governo.

Como tudo na vida, não é perfeito. Mas é uma opção a se considerar, principalmente para quem, como eu, vai voltar para a faculdade. Decidir imigrar e ir pro Canadá. Viver o que se quer e ter essa experiência como estudante, sem ficar aqui com a vida suspensa esperando um visto de imigração. São escolhas.

Envie por e-mail.

Escrito por K em Wednesday, November 5, 2008, às 14:59.

13 Comentários (OBA!) »

  1. Comment by Carla

    K,
    legal! eles já soltaram umas noticias novas então?
    quando souber da lista, poste sobre ela.
    bjkas

  2. Comment by Priscilla

    Ola K…
    Venho acompanhando nos seus utimos posts as suas angustias. Olha, se te consola eu també passei por varios questionamentos parecidos com o seu antes de vir e conheço mais um tanto de gente que tbém passou! É a Tensão Pré-Canada, hehehe…Mas, hj 6 meses depois da minha chegada, estou mais tranquila e posso dizer que fiz a coisa certa. Ainda ha muito a passar, mas se o começo é bom, como o meu esta sendo e tenho certeza que o seu ira ser tbém, pois vc demonstra muito preparo, o resto se arranja!!!!
    E o “se arranja” daqui implica em muito menos stress e medos que o dai do Brasil, (in)felizmente!!!
    Bjo e sorte a vcs,
    Pri.

  3. Comment by Marilena

    Olá K, infelizmente ainda temos algumas dúvidas quanto à cidade pra onde vamos; tudo vai depender do momento em que recebermos os passaportes e a situação economica, estas coisas…

    Mas o lugar pra onde queremos realmente ir é Vancouver; então pode considerar esta opção por enquanto. Se mudarmos por algum motivo eu te aviso.

    bjs

  4. Comment by Taís Jacques

    Será que o fato de já ter saído esta lista e novos cristérios, é que a Maria João mandou um e-mail p/ meu irmão pedindo que ele confirmasse o endereço daqui de casa?! Bom não sabemos, o que eu sei é que ele se encaixa no últmo ítem postado por ti, e que o processo dele, se iniciou em 05/05/2008, vamos ter que esperar a tal carta…

    bjs

    Taís

  5. Comment by kelly

    Ola, gostaria de saber se pelo fato de esta morando nos EUA ilegal isso poderia ser uma barreira pra q eu pudesse imigrar pro Canada? Sou casada e tenho 2 filhas nascidas aqui! O pais esta de mal a pior e como minhas filhas sao nascidas aqui pensei no Canada por causa da lingua!Conhece algum caso de alguem q mora aqui e foi pro canada?
    Obrigado!

  6. Comment by tiago

    Olá, sou engenheiro formado pela ufmg, e tinha planos de imigrar para o canadá em alguns anos. Até que uma reportagem na record news aqui no Brasil fez com que eu mudasse de idéia. A reportagem falava de um engenheiro civil que morava no brasil e foi pro canada, e desde então trabalha como taxista. Gostaria de saber se o mercado de construção civil esta tão ruim assim por ai?

  7. Comment by Dennis

    Olá ano passado fui ao Canadá a passeio com o passaporte brasileiro e gostei muito do país, após isso tirei dupla cidadania e com isso consegui um passaporte portugues, ainda lendo sobre o Canda descobri que em Toronto tem MAIOR comunidade portuguesa do Canadá, gostaria de saber se com esse passaporte europeu seria mais fácil para emigrar pra lá

  8. Comment by ERCIA G.A

    olá,
    Bem quero ter informações sobre imigração. Meu marido é americano e possui nacionalidade françesatambem, atualmente estamos com plano de nos mudarmos para o canada, quero saber qual é a maneira mais rapida de fazer o processo, é ele dado entrada de lá do canada? ( ele vai chegar lá em maio de 2010 ou se é daqui do brasil? onde ele esta comigo, essas infornções não estão no seite do canada, e esses formulário? bom acho melhor pedir, quando eu descobrir a melhor maneira, ou seja mais rapida de me encontra com meu marido. Se algem poder me ajudar eu agradeço. ai vai o meu email: eciacruz@gmail.com

  9. Comment by graciella gomes

    oii….
    eu quero muito imigra pro canada
    estou terminando o terceiro grau
    e quero ir estou estudando fraceis
    pensso em ficar algum tempo no Quebec
    e depois me estabelecer em Ottawa
    por isso quero saber mais sobre as
    utimas noticias sobre imigração okk bjos…

  10. Comment by Vinicius

    Olá!
    Minha esposa está terminando a faculdade de fisioterapia, tenho 22 e ela 22 tambem, fiquei sabendo por uma amiga que morou 10 anos nos estados unidos que o Canada está imigrigando estrangeiros na area da saude e que dao moradia e serviço fixo! gostaria de saber se esse boato é verdadeiro ou nao?
    Agradeço.

  11. Comment by Dalva

    Olá, quero parabenizar pela postagem sobre o Experience Class e comovc disse, as dúvidas são muitas. Meu filho estudou Inglês 5 meses no Canadá, voltou ao Brasil onde continua estudando Inglês e fazendo MBA ( pós), mas quer voltar para viver no Canadá. Vimos que este programa pode ser o mais interessane, mas nao sabemos como funciona. {Primeiro se matricula no college ( pos secundary or pos graduate?) e depois então pede o vistode permissão de trabalho por um ano. Como é? Pode me orientar?
    grata

  12. Comment by Eduardo Ferreira

    Boa noite pessoal,
    Gostaria de saber qual a melhor opção para morar no Canada, eu e minha esposa?
    Poderiam me dar alguma dica, ficarei grato,
    Por favor me envie alguns sites de emprego para que já possa ir dando uma olhado.

    Obrigado,

    Eduardo Ferreira

  13. Comment by Eduardo Lima Pinto

    Ola
    Sou Eduardo Lima Pinto Angolano,
    Gostaria de saber a forma mais facil de vajar de Africa para canada

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe seu comentário

Se você quiser deixar algum comentário, basta preencher o formulário abaixo.

(required)

(required)



  • Rio de Janeiro, BR
  • Toronto, CA
  • Vancouver, CA
  • Visitantes desde Julho/07

  • Assinar o blog